terça-feira, 16 de maio de 2017

ALÉM DO ARCO ÍRIS


Evidente que não poderia deixar passar essa data em branco.

Oito anos atrás minha vida mudou, não só minha vida, mas de Michele, Renata, todas as pessoas que cercam você, serzinho tão especial que chegou em nossas vidas.

Não poderia chegar em hora mais apropriada. Soube de sua chegada a esse mundo por SMS em um evento em que eu estava ganhando um importante prêmio de carnaval, mal sabia que naquele instante estava recebendo um prêmio muito maior, o prêmio de minha vida.

Escolhi ser seu pai, apesar de hoje pensar bem e analisar se talvez não tenha sido eu que escolhi. Quem sabe não foi você que me escolheu? Ou alguém te indicou. Sou agnóstico então as respostas de todas as perguntas que passeiam em minha mente só saberei depois que morrer, mas algumas certezas eu tenho.

Como a certeza que você mudou a minha vida, transformou minha vida, de suas mães, avó, tios, familiares em geral para melhor. Não sei, sinceramente, nem se estaríamos todos aqui ainda se não fosse por você. Você chegou em uma casa triste onde a dor da perda fez morada e parecia que ficaria para sempre. Chegou trazendo luz, alegria, amor, energia, nos revigorou e fez perceber que Deus não esquecera da gente. Olha aí o agnóstico citando Deus, filhos são capazes dessas coisas.

Bia, você é uma benção na minha vida. Gabriel e Lucas também são, mas quando os dois vieram nós já estávamos preparados, já éramos pais, mas você foi a primeira, a pioneira, a desbravadora, a que fez tudo isso por nós então além do amor só podemos ter muita gratidão a você. Você salvou minha vida menina. Uma das grandes tristezas que tenho é minha mãe, sua avó nunca ter podido abraçar a você e seus irmãos, mas como uma pessoa disse no Facebook hoje você é ela. Pode até não ser ela exatamente já que um agnóstico não pode cravar uma reencarnação assim. Mas no coração vocês são continuidade. Vocês duas vieram ao mundo e entre suas missões estava me fazer feliz, as mulheres de minha vida.

Por isso esse vídeo que fecha essa pequena homenagem ainda é muito pouco para mostrar tudo que eu sinto por você. É um amor tão grande, tão forte que é quase impossível mesmo para um escritor colocar em palavras. Algumas vezes esse amor se expressa em sorrisos, broncas, lágrimas de emoção por ter você comigo serzinho inocente, puro e de coração enorme. Mas amor não precisa ser dito, precisa ser sentido.

E eu amo muito você moleca.

Feliz aniversário Ana Beatriz, Bia, Bibica cara de pinica, Bibiquinha, princesa a dona da minha poesia. Meu amor.


Um amor que vai além do arco íris.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário